31 de janeiro de 2013

SAI A PROGRAMAÇÃO DO CARNAVAL DE AMARAJI E ESCADA

0 comentários
A programação do Carnaval 2013 das cidades de Amaraji e Escada, aguardada com expectativa pelos foliões, foram divulgadas pelas Secretarias de Cultura do municípios. A de Escada conta com quatro polos de carnaval: Cidade, Frexeiras, Massauassu e Usina Barão, já em Amaraji contará com dois o do Centro e o do povoado de Demarcação.

A prefeitura de Escada anunciou algumas novidades. A realização do Bloco Lírico da Academia de Letras; o Baile Municipal, com a escolha da rainha e princesa; um novo percurso para os trios; o Bloco dos Estandartes; e o ponto de concentração dos foliões na Praça no Parque Aquilino Porto (Gruta do Vigário). O palco principal da cidades serão armados no Pátio de Eventos.

Em Escada o carnaval deste ano homenageará o “Frevo: Patrimônio da Humanidade”. Confira toda a programação em nosso blog. Abaixo as programações de Escada e Amaraji.

PROGRAMAÇÃO CARNAVAL AMARAJI


PROGRAMAÇÃO CARNAVAL ESCADA

LEIA MAIS...

30 de janeiro de 2013

TRE DETERMINA NOVA ELEIÇÃO EM PRIMAVERA E O POVO FAZ FESTA NA RUAS DA CIDADE

0 comentários
Em votação encerrada no início da noite desta terça-feira (29), o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) decidiu pela realização de uma nova eleição no município de Primavera. Com o resultado, Galego do Gás (PR), que assumiu a prefeitura na segunda-feira (21) da semana passada, deve dar lugar a Mima da Banca (PSC) já nesta quarta-feira (30).

Galego do Gás (PR) foi prefeito de Primavera até dezembro, já que foi derrotado ao tentar se reeleger. O vitorioso no pleito de outubro foi Pão Com Ovo (PRTB), que teve seu registro de candidatura cassado semanas depois. O vereador Mima da Banca (PSC), aliado de Pão Com Ovo, assumiu a prefeitura temporariamente. E, pela lei, uma nova eleição foi convocada para março.

Pão Com Ovo já trabalhava a candidatura da sua mãe para tentar uma nova vitória sobre Galego do Gás, quando o TRE-PE determinou posse do candidato republicano derrotado nas eleições - o que gerou protestos por parte da população. Galego do Gás assumiu a Prefeitura de Primavera na segunda-feira, mas teve seu segundo mandato breve. E o PRTB já volta a trabalhar a candidatura da mãe de Pão Com Ovo, Dona Naza (PRTB).



Fotos: Equipe Amaraji Notícias









LEIA MAIS...

28 de janeiro de 2013

MORADORES DE CONJUNTO HABITACIONAL FAZEM PARALISAÇÃO NA BR 101

0 comentários
A Br 101 Sul em Escada, na altura da Escola Técnica Luiz Dias Lins, foi bloqueada no início da manhã desta segunda-feira (28), em protesto contra decisão Judicial de despejo. Os manifestantes são populares que ocupavam os apartamentos construídos no terreno da antiga Cerâmica Central, na rua da mangueira, no bairro do Atalaia que, conforme veiculado na imprensa, estavam em nome do antigo locutor da Prefeitura Municipal da Escada, conhecido como Ricardo locutor. A decisão foi para que os ocupantes desocupassem os apartamentos até o dia 31 de janeiro de 2013, próxima quinta-feira. O processo foi iniciado no dia 02/01/2013 na 2ª Vara da Comarca de Escada, sob nº 0000003-89.2013.8.17.0570, que tem como parte requerente a Construtora Lima, e requeridos os “INVASORES E ATUAIS OCUPANTES DE ÁREA PRIVADA” como consta no processo e com título de “Reintegração / Manutenção de Posse”.

LEIA MAIS...

27 de janeiro de 2013

AMARAJI TEM CASA E CAPELA CENTENÁRIA QUE ERAM DO BARÃO DE AMARAJI

0 comentários
Neste domingo (27/01) a equipe do Amaraji é Notícia fez uma excussão pelas terras do Engenho Amaraji D'água que também é as terras do antigo Barão de Amaraji e na ocasião tiramos fotos e fizemos videos mostrando uma riqueza escondida e também o descaso como a deterioração que este patrimônio vem sofrendo com o tempo e agora apresentamos aqui para que todos possam conhecer um pouco do que temos guardado. 
Confira todas as Fotos da excussão CLIQUE AQUI.






:: CURIOSIDADES SOBRE O BARÃO DE AMARAJI 
(fonte: Blog Amaraji do baronato ao ano 2000)

Antônio Alves da Silva nasceu no dia 29 de maio de 1807. Era filho de Manoel Alves da Silva, senhor de engenho de Amaraji d´Água. Casou-se com Antônia Alves de Araújo, nascida em 1836, irmã do comendador José Pereira se Araújo. O casal teve seis filhos: Davina, Maria José, Francisca, Flora, Antônio e Júlio. 

Antônio Alves era bem diferente de seu pai. Mesmo não tendo formação acadêmica, era bem mais requintado e urbano, dividindo seu tempo entre a casa do engenho Amaraji e o palacete da Rua Sete de Setembro, em Recife. Foi ele quem construiu a casa grande que existe até hoje existe na propriedade. A anterior, seguia o mesmo padrão dos casarões tradicionais dos séculos XVIII e XIX. Pensando na formação dos filhos e sobrinhos, teve o cuidado de trazer um padre de Portugal para educá-los. O religioso ocupava o melhor quarto da casa e dava aulas aos “ioiôs” e “iaiás” da família, segundo conta Manoel Lubambo. Ele também organizava muitas procissões, missas dominicais, novenas, rosários, etc. Aos sábados, dava aula de catecismo aos escravos, os quais também participavam ativamente de todos os atos religiosos. 

O futuro barão tinha amigos de todas as classes sociais e a casa do engenho Amaraji era conhecida pelas festas que ele proporcionava. Os convidados eram os senhores de engenhos vizinhos, muitos seus aparentados, artistas, nobres e os amigos que moravam em Recife, entre eles, o comendador Manoel Figueiroa de Faria, proprietário do Diário de Pernambuco. 

Antônio Alves da Silva foi agraciado com o título de Barão de Amaraji, pelo Decreto imperial de 29 de dezembro de 1867.

Certa vez, chegou ao conhecimento do barão que um lavrador vizinho, conhecido por seu temperamento desapontador, havia concedido carta de liberdade a duas filhas pequenas de uma estimada mucama da casa grande. Isso era coisa muito comum na época, mas de se espantar nesse caso, por se tratar do senhor de engenho vizinho, conhecido por sua avareza.

A benesse, entretanto, durou pouco. Com a morte da mucama anos depois, ele tornou sem efeito as prerrogativas das duas cartas de liberdade, trazendo de volta à escravidão as duas pequenas libertas. Sabendo do sucedido, o barão de Amaraji, contratou um advogado. Dr. Feitosa, para fazer a defesa das menores já alforriadas. Essa questão, baseada no art. 179 do antigo Código Criminal, levou tempo e custou uma boa soma. A ação chegou à Suprema Corte que deliberou reconhecer o direito das menores, libertando-as. O barão custeou todas as despesas, até a viagem e estadia do advogado no Rio de Janeiro, que foi acompanhar e defender a apelação.

Durante a guerra do Paraguai, no auge da luta, com os cofres da nação ficando vazios, pelos gastos excessivos do imperador Pedro I e a negligência de seu filho Pedro II, o barão fez uma doação, como contribuição de guerra, de vinte contos de reis. Como retribuição, o imperador concedeu a patente de “cadete” ao seu filho mais velho, Antônio Alves de Araújo.
Seu prestígio na região era muito grande. Uma de suas filhas, Maria José Alves de Araújo, casou com Antônio Epaminondas de Barros Correia, o barão de Contendas. A outra, Davina Alves de Araújo, com Dr. José Domingues da Silva, jurista formado pela faculdade de direito de Recife e proprietário do engenho Raiz de Fora.

No livro “História de uma Fotografia”, Gileno de Carli conta que o barão fez uma viagem a Portugal com a baronesa e o filho Antônio Alves, ainda pequeno. Quando se preparavam para regressar ao Brasil, o barão morreu. A esposa, que não queria deixar o corpo do marido enterrado numa terra estranha, tentou trazer o corpo embalsamado de navio, mas a legislação da época proibia o embarque de cadáveres, mesmo no formol. Então ela teve a idéia de trazer o caixão acondicionado numa caixa de piano. O plano deu certo. No desembarque em Recife, quando a “caixa do piano” ia sendo içada numa rede do navio para o barco que a levaria ao cais, o pequeno cadete grita: “Cuidado com meu pai!”, momento em que a baronesa vira-se pra ele e repreende: “Cala a boca, menino!” E assim o corpo chegou a Pernambuco e foi sepultado na capela do engenho Amaraji. O barão morreu no dia 12 de julho de 1873.
LEIA MAIS...

25 de janeiro de 2013

MORADORES DE PRIMAVERA BLOQUEIAM BR 101 EM PROTESTO

1 comentários
Na madrugada desta sexta (25/01), os moradores da cidade de Primavera-PE que elegeram o popular Rômulo César (vulgo Pão com Ovo)como prefeito nas ultimas eleições, em quantidade de mais de quinhentas pessoas fecharam a BR 101 em protesto a decisão do TRE em dar posso ao segundo colocado, haja vista que as pessoas reivindicaram o direito de Rômulo voltar ao poder já que o mesmo ganhou a eleição com maioria.

O clima ficou tenso a manhã toda, até determinado momento em que a PRF (Policia Rodoviária Federal) em acordo resolveu liberar o protesto desde que os lideres do protesto liderado por Romildinho e mais alguns correligionários políticos da cidade assumissem a responsabilidade de que quando os Bombeiros chegassem os mesmos deixariam a via ser liberada.

Mas quem pensa que o clima esfriou se engana, a tensão ainda continuou a tarde toda na cidade, onde moradores se concentraram na frente da prefeitura municipal aguardando uma documentação que estava para chegar do fórum municipal e que naquele momento iria retirar o atual prefeito Galego do Gás que foi segundo colocado nas ultimas eleições e daria a reintegração de posse da prefeitura ao presidente da Câmara de Vereadores Mima da Banca, que é aliado de Pão com Ovo.

Após os moradores e o próprio Pão com Ovo que estava em frente da prefeitura sentado em uma cadeira passarem o final da tarde esperando o dito documento que seria expedido pelo Juiz local Dr Hugo tiveram uma boa noticia da ex-candidata a vice-prefeita de Pão com Ovo e advogada Drª Tânia que foi em busca do documento que daria direito a reintegração de posse do atual presidente da Câmara Mima da Banca, sempre acompanhados desde o inicio pelo GATI o grupo do atual presidente da câmara e agora prefeito interino buscou a chave da prefeitura e após localizar onde estava e com quem estava Mima tomou posse abrindo a prefeitura ás 17:30Hs , mas antes de abrir um susto tirou a alegria do mesmo ao perceber que a chave a qual estava de posse não abria o órgão ou seja trocaram a fechadura, tendo que procurar onde se encontrava a real chave e assim de fato abrindo e sendo empossado prefeito, logo após a abertura da prefeitura teve uma passeata na cidade pela comemoração da volta do aliado de Pão com Ovo.

Cabe lembrar que o colegiado dos desembargadores do TRE irá na terça-feira (29/01) julgar como ficará de fato a situação de Primavera, das três uma, Rômulo assume ou terá novas eleições ou Galego do Gás será empossado.

Vamos aguardar para ver até onde essa historia que ainda não acabou vai chegar!
Fotos e vídeos: Carlos Fernando (AN) / Edmar Gomes (AN)



Locutor Junior Padre discursando no protesto

Pão com Ovo e Mima da Banca apresentando a documentação do TRE ao Tenente

População da cidade de Primavera em frente a sede do Poder Executivo

Advogada e ex-candidata a vice-prefeita Dra Tânia


Movimentação na Prefeitura de Primavera na retomada de posse



 (Romildinho - líder do movimento em conversa com a PRF)



(Helicóptero da TV Globo fazendo imagens aéreas)



(Motoqueiro que tentou passar e não conseguiu)







(Chegada do GATI)

(Diálogo do GATI com João Manuel - líder do manisfesto)













(Diálogo de Pão com Ovo e Mima da Banca com a polícia de posse da reintegração)






(Pão com Ovo e sua advogada Drª Tânia)



(População em frente da prefeitura para a festa de posse de Mima da Banca)





Mima da Banca (na foto o de camisa listrada) chegando a prefeitura

(População em massa na frente da prefeitura)




(Documentos expedidos pelo Juiz Dr Hugo dando reintegração de posse da Prefeitura a Mima da Banca)


(Reabertura da Prefeitura pelo prefeito interino Mima da Banca)



(População entra junto com novo gestor na prefeitura)



LEIA MAIS...